30 de novembro de 2016

Comedouros, como adoro!

Já postei aqui no blog muitos comedouros fabricados em outros países, mas poucos aqui do Brasil (apenas 2 de porcelana e 1 de acrílico para ser exata).
Isso porque há 3 anos atrás, a maioria dos comedouros do mercado brasileiro eram aqueles feios de plástico ou aqueles básicos de alumínio.
Pois agora felizmente as coisas mudaram. Já existem muitos modelos disponíveis por aqui, para todos os gostos e tamanhos, por isso vou postá-los separados pelo tipo de material que são feitos. E independente do material estrutural, só postarei aqueles que possuem tigelas de inox ou porcelana, que são as mais seguras para os peludos.



As de inox são duráveis, não quebram, são fáceis de lavar e desinfetar e por não terem poros as bactérias não ficam alojadas nas paredes, sendo consideradas as mais higiênicas.
As vasilhas de cerâmica são uma boa opção para o verão porque mantém a água fresquinha. E como todas as marcas que postarei os fazem em cerâmica polida, também não possuem poros para as bactérias se alojarem, são fáceis de higienizar e dizem que é a melhor opção para os cães alérgicos. Além do mais não são atraentes para os peludos morderem. Só cuidado com os cães muito estabanados, pois mesmo sendo de porcelana bem grossa, podem quebrar. E eu não recomendo a compra de comedouros de porcelana de empresas desconhecidas pois algumas menos idôneas podem usar tintas e vernizes contendo chumbo e assim causar intoxicação. Mas claro que não é o caso dessas marcas que irei postar.

CUIDADOS: As tigelas de alumínio e as de plástico são mais baratas, mas fazem mal a saúde dos peludos. Para saber mais, clique aqui.
Já os comedouros de melamina também são mais baratos e considerados mais seguros que os de plástico e alumínio. A melamina é uma resina também utilizada em utensílios para bebês e crianças por ser leve e praticamente inquebrável. Eu já usei para a Guida porque tinha ouvido falar que não riscava e portanto não criava condições das bactérias se alojarem. Mas apesar de serem bem mais difíceis de riscar que as de plástico, se não forem tomados certos cuidados, com o tempo riscam sim. Não são ranhuras tão largas e fundas como no plástico, são até imperceptíveis, mas são suficientes para os micro organismos se alojarem. Mas este não é o único problema. Devem ser tomados alguns cuidados para que o produto não solte os polímeros de melamina que podem prejudicar a saúde dos animais, como lavá-las sem o lado abrasivo da esponja, não lavar na lava-louças, não colocar no microondas, não lavar com água quente e não cortar alimentos dentro dela. Devem ser descartadas se estiverem arranhadas ou danificadas. Ou seja, são seguras desde que se tomem as devidas precauções, então eu preferi não usá-las mais, nem postá-las aqui.
Saiba mais sobre a melamina aqui.

17 de novembro de 2016

FUNcionais

Design também é funcionalidade. Por isso hoje vou postar sobre as guias multifuncionais, que foram criadas para suprir diferentes demandas na hora do passeio.
O mais difícil para uma empresa que fabrica guias, é agradar o cliente em relação ao comprimento. Eu sempre gostei de guias curtas, com no máximo 1,20m porque acho que o certo é o peludo andar do nosso lado e não na nossa frente, principalmente se estiver puxando. Mas já ouvi muitos humanos querendo guias longas para usar no parque e em especial procuram as retráteis. Dessas não sou nem um pouco fã por 2 motivos: se a trava estiver frouxa e o cão sair correndo, ela vai se desenrolar completamente e você perderá todo o controle sobre o cão; e por ela ser fina e roliça, já vi gente cortando a mão na tentativa de puxar o cão em um momento de perigo.
No caso das multifuncionais, é possível adaptá-las com segurança dependendo da situação.

Podem ser feitas em nylon ou em couro, depende do fabricante. Basicamente é uma guia mais comprida com um mosquetão em cada extremidade e algumas argolas em sua extensão. Dessa maneira é possível ir prendendo o mosquetão em cada argola para regular o comprimento. Também é possível usá-las com as mãos livres e levar dois cães para passear com a mesma guia. Veja abaixo as 6 maneiras de utilizá-las.

Aqui no Brasil só encontrei na Villapet e na Bitcão, mas as duas são feitas em nylon. 





16 de novembro de 2016

Observação

Apesar do produto descrito anteriormente também dar uma proteção ao quente, ele não evita queimaduras. Portanto, NUNCA saia com seu peludo nos horários de sol forte, mesmo se o tiver aplicado. O chão absorve muito o calor e fica extremamente quente das 11h até as 16h (não esquecendo de converter isso no horário de verão). E mesmo após as 16h, depois de um dia quente, sempre coloque a sua palma da mão no chão que seu peludo irá pisar por pelo menos 1 minuto para ver se não está queimando.
Se colocar no lugar dos peludos, é a melhor maneira de cuidar deles e protegê-los.

8 de novembro de 2016

O antiderrapante derradeiro?

Há algum tempo atrás, eu fiz uma postagem que foi a mais visualizada e comentada aqui do blog.
Era uma postagem sobre adesivos antiderrapantes para as patas dos peludos. A Guida sempre teve um jogo na patela e eu sempre fiquei preocupada do piso de madeira piorar sua condição.
Nunca gostei muito da ideia das meias antiderrapantes, pois além de incomodar alguns peludos, não deixam as patas ventilarem. Até comprei uma para testar, mas a Guida não se adaptou, então desisti.
Assim os adesivos pareciam a melhor solução, mas o vendedor que eu havia encontrado no Ebay parou de vender e eu não consegui encontrar nenhum outro que enviasse para o Brasil.
Até hoje as pessoas me perguntam onde encontrar e eu também gostaria muito de saber, já que Guida está com 9 anos e agora, mais do que nunca, eu tive que espalhar um monte de tapetes de borracha pela casa.
Hoje fiquei muito feliz com o que encontrei na internet e, se realmente funcionar, é ainda melhor que os adesivos! Porque é um spray! Quando você borrifa nas almofadinhas (coxins) do peludo, ele cria uma película antiderrapante, que ainda é hidratante, resistente a água e também protege do calor e do frio. Recomenda-se aplicar a cada 3 horas. E o que mais? Aquilo que eu sempre adoro: é fabricado no Brasil! O valor do frasco de 50g sai por R$ 27,00.
Não fui eu que fabriquei e sim a Pet Society, mas estou com uma ótima sensação de missão cumprida :)


6 de novembro de 2016

Amor nas pontas dos dedos

Há alguns anos, quando comecei este blog, minha maior preocupação era encontrar produtos bacanas que nós brasileiros também pudéssemos comprar. Sempre que eu publicava alguma coisa feita fora do país, tentava encontrar alguma empresa que os vendesse por aqui. E para outros casos havia o Ebay.
A Wearfelicity, apesar de não ser brasileira, envia para o Brasil estes anéis super bacanas de vários animais com frete grátis. Tem cavalo, golfinho, raposa, gato e diversas raças de cães como beagle, buldogue francês, corgi, dachshund, labrador, pug, yorkshire e muitos outros! Eles estão disponíveis em 3 cores: prata, bronze ou preto. E ficam abraçadinhos no dedo, o que é o mais legal!
A boa notícia é que no momento eles estão em promoção por US$ 9.99. O meu de Guida levou apenas uma semana para chegar pelo correio e não precisei pagar nenhuma taxa adicional. Enfim, fiquei realmente feliz!
Uma parte das vendas é doada para o hospital infantil de pesquisas St. Jude. Como sempre, com os peludos sempre há muito amor incondicional envolvido!





30 de julho de 2016

Secos e Molhados

Eu adoro ver cachorros brincando na água. Adoraria que a Guida gostasse também, mas não é o caso. Ainda assim, como dou banho nela em casa muitas vezes, adorei esse produto!


A Siccaro desenvolveu roupões que ajudam a secar os peludos mais rapidamente depois de uma boa brincadeira no lago, na piscina ou até mesmo na poça, para alguns, ou depois do banho de chuveiro ou de chuva.
Segundo a empresa dinamarquesa, seu roupão absorve até 80% da umidade do pêlo do animal em apenas 10 minutos. Feito com fibras de bambu, podem ser levados na máquina de lavar e na secadora. Disponível em 6 tamanhos, atende a peludos de todos os portes.



E além do roupão, eles tem mais 2 produtos incríveis para cavalos.

14 de julho de 2015

Hanging with Dogs

Eu sempre senti falta de gancheiras bacanas para pendurar as coleiras da Guida. Pensei até em fazer um curso de marcenaria para poder fazer a minha própria gancheira. Faltou tempo.
Mas, como a vida de um jeito ou de outro sempre traz o que a gente deseja, ei-las!
Não fiz o curso de marcenaria, mas pode-se dizer que fiz sim a minha própria gancheira! Pela Manuka :)
Em várias raças, nas cores preto ou vintage.





28 de janeiro de 2015

animalART

Uma amiga me sugeriu curtir uma página no Facebook e qual não foi minha grata surpresa quando me deparei com os produtos da Animalart!




A idéia dos comedouros, feitos com anéis de polipropileno intercambiáveis, permitindo deixá-lo de alturas variadas conforme o tamanho do animal, é genial! Além disso você pode escolher as cores para personalizar do jeito que quiser.



O produto vem com três anéis, tigela em aço inox e três pés antideslizantes em silicone. Depois é possível comprar os anéis avulsos para aumentar a altura.
A matéria prima e os processos de produção são sustentáveis, utilizando materiais recicláveis e processos de baixo impacto ambiental.
Enfim, uma empresa inovadora que merece os parabéns!


14 de maio de 2014

Go!PetDesign

Peter Pracilio é um designer de produtos pet que coloca a mão na massa e também produz as peças que cria. Com a ajuda de sua namorada Leonora e a companhia de seus três cães, mantém a  GO!PETDESIGN no Brooklyn, em Nova Iorque.
Não sou muito fã de gaiolas para cães, mas tenho que admitir que ele faz um belo trabalho nessa linha.


Eu particularmente prefiro a tenda, que me lembra os brinquedos de fort apaches.


Também gostei muito dos comedouros em arame pintado (abaixo). O melhor é que ele envia para o Brasil de sua loja dentro da Etsy!





1 de maio de 2014

Petnic

Nem precisei gastar meu fosfato para o título dessa postagem, pois o nome desse produto já é ótimo, como todo o resto. A designer Miriam Mirri criou para a Alessi essa moderna e versátil cesta de picnic organizador de viagem. Dentro ela possui uma divisória que também pode ser retirada para deixar o espaço interno do jeito que você precisa. E as tampas da cesta se transformam em 2 tigelas, uma para água e outra para comida. Tudo bem "clean", no design e também na facilidade de limpar! Um convite para levar seu amigo de 4 patas para muitos passeios. O que já amamos fazer, sendo feito também com muito estilo!
Disponível em três cores: uma mais discreta em tons de cinza, uma mais feminina em tons de rosa e outra vibrante em tons de verde e amarelo. Por U$ 90.00 aqui.